10 de janeiro de 2011

Carlos Castro vs Renato Seabra

Sinceramente? Não se pode olhar para o caso vendo apenas a morte do Carlos Castro, está esclarecidissimo que nada justifica tirar a vida a alguém, mas decerto quando alguém o faz é porque tem razões muito fortes, principalmente se for uma pessoa que nunca fez tal coisa. Trataram logo de homenagear o sr. e dizer não sei quantas coisas boas sobre ele, tudo bem, mas ainda não se sabe "tim tim por tim tim" do que se passou ao certo... Sabe-se que houve uma discussão forte, que o jovem queria vir para Portugal, sabe-se lá agora o que se passou naquele momento? Que o terá levado áquele limite? E se no fim da história, o sr. Carlos Castro (que Deus o tenha) não for assim tão boa e excelente pessoa e até forem provadas outras coisas? Também vão, depois, fazer programas de homenagem ao Renato Seabra?

Ai, ai, ai. Afinal o problema da justiça não se fica pelo ministério.

1 comentário:

João disse...

Esta história é muito complicada e nunca vai ser percebida por completo...a verdade é que o Renato Seabra tem algum problema mental. Uma coisa é matar outra coisa é torturar com requintes de malvadez e matar a seguir. Mas até é bem feito para o Carlos Castro, ele já tinha idade para ter juízo e não se meter com meninos de 20 anos, sobretudo daqueles que querem ser famosos. A verdade é que muitas pessoas como Renato Seabra querem ser famosas mas não sabem que isso tem um preço. Renato viu em Carlos Castro uma oportunidade para subir na vida e algo não correu bem...Mas para o jovem modelo ter feito o que fez, não andava bom do juízo. Na minha opinião, o Renato Seabra está muito bem nos E.U.A.. Parece que em Portugal a compaixão está acima da compaixão e a verdade é que crimes exemplares merecem penas exemplares

© Lidia's World, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena